Muitas dúvidas surgem durante o planejamento de uma viagem internacional. Seguro viagem, passagens, hospedagem, alimentação, ingressos de atrações a serem visitadas. Tudo deve ser cuidadosamente medido e planejado. Uma dessas questões é o deslocamento durante uma viagem para a Europa. O sistema de transportes do velho continente é bem completo e razoavelmente barato. O continente todo é coberto pela malha ferroviária e rodoviária, e é possível viajar de trem para todo canto. Porém, o sistema público de transporte não é páreo para o conforto e a comodidade de um veículo próprio.

Licença para dirigir na Europa

É de grande ajuda o turista ter um carro ao seu dispor enquanto viaja pela Europa já que a distância entre os países é consideravelmente pequena. Com um pequeno carro, o turista conhece vários países sem se preocupar com passagens e horários, já que em questão de horas passa-se de um país para o outro com um carro de passeio.

Seguro viagem na Europa

Primeiramente, na Europa há a exigência da contratação de um seguro viagem com cobertura de despesas médicas e hospitalares de no mínimo 30 mil euros. O seguro além de útil, pode ser bem eficiente ao lidar com despesas médicas e no atendimento de emergência.

O que muitos não sabem sobre o seguro viagem é que muitas vezes as operadoras de seguro oferecem pacotes de seguros de veículos como cobertura opcional para o seguro viagem. Pode ser muito prático ter um seguro de carro enquanto dirige na Europa. O seguro básico contra colisões e roubo e furto cobre você contra acidentes enquanto você estiver na direção de um veículo na Europa e evita contratempo e despesas inesperadas. Como são muitos detalhes, recomendamos conversar com um especialista, como o multiseguroviagem.com.br, que pode te ajudar tirar as principais dúvidas e que possa adquirir o seguro ideal.

 

Documentos para dirigir na Europa

Na Europa o viajante necessita apenas de uma CNH sem restrições e dentro do prazo de validade, e um passaporte que comprove a situação regular do visitante. A CNH é aceita na maioria dos países da Europa, com exceção de Itália, Grécia e Áustria que exigem a PID (Permissão Internacional para Dirigir).

A PID nada mais é do que uma versão da sua CNH tradicional com tradução para vários idiomas. O documento pode ser requisitado ao DETRAN de qualquer estado brasileiro por qualquer pessoa que já tenha CNH válida, mediante o pagamento de uma taxa. O pedido pode ser feito nos postos do DETRAN ou pelo site. Após o pagamento do boleto da taxa, o documento é enviado pelos correios e entregue na residência do motorista.

 

O custo de alugar um carro na Europa

Dificilmente o turista irá comprar um carro durante uma viagem para a Europa, portanto o aluguel de carro é a principal hipótese para o viajante dirigir pelo velho continente. Há uma variedade grande nos preços de aluguel de carro pela Europa, então a pesquisa é fundamental para economizar.

Uma boa estratégia para baixar o custo do aluguel de carro na Europa é ficar de olho nos chamados one-way rental. Há oferta de aluguel de único sentido por tarifas baixas como 1 euro ou uma libra. Isso acontece porque muitas vezes a agência de veículos quer realocar um determinado carro e precisa de algum condutor para levar. Então, essa agência loca o carro a um preço módico, servindo para você e o carro se deslocarem do ponto A para o ponto B. Isso pode salvar uma grande quantia no seu bolso.

É importante lembrar que todas as locadoras de veículo exigem a contratação de um seguro básico de automóvel. Porém, é bom ficar de olho na cobertura, porque algumas locadoras tentam oferecer seguros e serviços adicionais que encarecem o custo da locação. Um bom exemplo disso é o GPS. Os modelos fornecidos pelas locadoras não costumam ser de grande valia, perdendo em capacidade e utilidade para simples aplicativos de telefone celular.

Por uma pequena quantia de uns 20 euros você contrata um chip pré-pago com internet de alta velocidade, possibilitando você utilizar o GPS do seu celular para se locomover. Além da economia, os serviços de localização por aplicativos funcionam melhor que os modelos mais básicos de GPS oferecidos.

Agora que você já tem em mãos todas as informações necessárias para alugar um carro na Europa, basta planejar bem a sua viagem e aproveitar a Europa dirigindo com todo o conforto!