A Europa é um dos destinos mais procurados de todo o mundo. Milhões de pessoas todos os anos visitam esse antigo continente, a procura de momentos incríveis nos lugares fabulosos que tem por lá. Para uma viagem ainda mais segura e tranquila até o continente europeu, é uma boa ideia contratar um seguro viagem Europa.

Entretanto, a contratação desse tipo de serviço provoca muitas dúvidas, pois os países da Europa costumam ser mais exigentes quando se trata de seguro para viagem, em vários sentidos.

seguro viagem europa

Falaremos nesse artigo sobre a obrigatoriedade ou não do seguro viagem Europa, como ele funciona e o que é o Tratado de Schengen.

A obrigatoriedade ou não do seguro viagem Europa e o Tratado de Schengen

Quem deseja ir para a Europa precisa ter ciência de que para que se possa adentrar em determinados países, sobretudo aqueles que estão entre os mais visitados, é de fato obrigatória a contratação de um seguro viagem Europa.

Essa exigência apareceu no ano de 1997, quando um grupo de países aderiram ao chamado Tratado Schengen. O Tratado de Schen é uma espécie de acordo devidamente assinado por alguns países integrantes da União Europeia, que permite a livre circulação de pessoas entre os países que fazem parte desse acordo.

Isso obviamente não tem implicações para o próprio povo europeu signatário, mas também para os turistas. Todo turista que entre no território destes países precisa, obrigatoriamente, conforme consta no Tratado, contratar um seguro viagem europa que possua uma cobertura mínima de pelo menos 25 mil euros.

Esse é um detalhe muito importante, pois caso o seguro contratado seja de um valor inferior, ele perderá completamente a sua validade, será totalmente inútil, dentro da ótica desses países.

Os países cujo seguro viagem Europa é obrigatório são:

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Chipre
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • República Tcheca
  • San Marino
  • Suécia
  • Suíça
  • Vaticano

Os únicos países europeus que não fazem parte do Tratado nos dias atuais são:

  • Reino Unido;
  • Irlanda;
  • Croácia;
  • Romênia;
  • Bulgária.

É necessário se lembrar-se que em muitos países europeus o atendimento médico e hospitalar é gratuito somente para os seus respectivos habitante, mas no caso de estrangeiros e turistas ele é cobrado. O intuito dessas exigências é assegurar que o turista tenha condições financeiras de arcar com as eventuais despesas médicas que possam vir a acontecer no decorrer da viagem, inclusive em caso de falecimento do sujeito.

Aprendendo como funciona o seguro viagem Europa

O seguro viagem Europa, apesar de obrigatório, nem sempre recebe um pedido de confirmação de contratação quando o viajante passa pela alfândega. Todavia, é bom que não se arrisque, sob o risco de ter empecilhos na sua entrada no país ou mesmo sofrer com a deportação.

Procure escolher o seguro viagem Europa que for melhor para você, lembrando que o valor coberto deve ser de 30 mil e ele deve incluir os serviços funerários e de repatriação.